WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




 


setembro 2023
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



>
 


 


:: 18/set/2023 . 18:42

BOM JESUS DA SERRA: Escola Isaura Cursino passará a funcionar no espaço do antigo Colégio Estadual Juvêncio Amaral.

A partir dessa próxima quarta-feira (20), a Escola Municipal Professora Isaura Cursino Moreno, localizada na Rua Henrique Pereira Magalhães  (Rua da Lagoa) na cidade de Bom Jesus da Serra, passará a ter um novo endereço.

A Escola Isaura Cursino passará a ocupar o espaço onde funcionava o antigo Colégio Estadual Juvêncio Amaral. O Juvêncio foi extinto com a construção do CETI (Colégio Estadual de Tempo Integral) de Bom Jesus da Serra.

O anúncio aconteceu nas redes sociais da Prefeitura.

BAHIA: Estado tem o maior número de pessoas contempladas pelo programa Bolsa Família no Nordeste e o segundo no país.

O programa Bolsa Família atingiu, nesta segunda-feira (18), a marca de 2,5 milhões de beneficiários na Bahia. O estado se tornou o maior com número de pessoas contempladas pelo programa no Nordeste e o segundo no país, atrás somente de São Paulo. Atualmente, o programa está com cronograma de pagamento nas 417 cidades baianas até o próximo dia 29, com base no final do Número de Identificação Social (NIS).

Entre os municipios baianos, a capital Salvador é a que possui maior número de contemplados: 305,6 mil famílias, a partir de um investimento de R$ 201,4 milhões e repasse médio de R$ 659,51. Os outros quatro municípios do estado com mais beneficiários são Feira de Santana com 75,2 mil, Vitória da Conquista com 52,4 mil, Camaçari com 45,2 mil e Juazeiro tendo 9,7 mil.

A cidade com maior valor médio de repasse na Bahia no mês de setembro é Sítio do Mato. Lá, as 3.164 famílias atendidas recebem uma média de R$ 736,64. Seguido por Iraquara, com R$ 732,36, Irajuba, com R$ 729,98, Prado, com R$ 728,21 e Barra, com R$ 727,96, que completam a lista dos cinco municípios com maior valor médio no estado.

O Benefício Primeira Infância, que prevê um adicional de R$ 150 a crianças de zero a seis anos, chega a 914 mil pessoas da Bahia a partir de um investimento de R$ 131,5 milhões. Já o Benefício Variável Familiar, um adicional de R$ 50 para gestantes e crianças e adolescentes de 7 a 18 anos, alcança 1,6 milhão de pessoas no estado, com um aporte de R$ 78,3 milhões.

O programa, que tem valor médio de R$ 673, 50, recebeu repasse de R$ 1,7 bilhão do Governo Federal.

Um total de 21,4 milhões de famílias de todos os 5.570 municípios brasileiros serão contempladas pelo Bolsa Família em setembro. O número representa aumento de 1,6% (337,8 mil famílias a mais) em relação a agosto, quando foram cerca de 21,1 milhões. O investimento do Governo Federal para os repasses é de R$ 14,5 bilhões e o valor médio do benefício no país chega a R$ 686,89, o segundo mais alto já registrado na história dos programas federais de transferência de renda.

O Benefício Primeira Infância, no valor de R$ 150, chega a mais de 9,4 milhões de crianças de zero a seis anos (7 anos incompletos) na composição familiar dos beneficiários, a partir de um investimento de R$ 1,34 bilhão.

Já o Benefício Variável Familiar, adicional de R$ 50 para crianças e adolescentes de 7 anos a 18 anos incompletos e gestantes, atende 16 milhões de brasileiros por meio de repasses que totalizam R$ 743 milhões. São 750 mil gestantes, 12,6 milhões de crianças e adolescentes de 7 a 16 anos e 2,7 milhões de adolescentes na faixa de 16 a 18 anos.

São Paulo (2,6 milhões de famílias), Bahia (2,5 milhões) e Rio de Janeiro (1,8 milhão) são os três estados com maior número de famílias contempladas pelo Bolsa Família em setembro. Outras cinco Unidades da Federação somam mais de um milhão de beneficiários neste mês: Pernambuco (1,67 milhão), Minas Gerais (1,65 milhão), Ceará (1,50 milhão), Pará (1,35 milhão) e Maranhão (1,23 milhão).





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia