WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




 


abril 2024
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  



>
 


 


:: ‘Brasil’

BRASIL: Banco Central anuncia que lançará cédula de R$ 200

O Banco Central informou nesta quarta-feira (29) que o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou o lançamento da cédula de R$ 200, que terá como personagem o lobo-guará.

De acordo com a instituição, a nova cédula deverá entrar em circulação no final de agosto, e a previsão é que sejam impressas 450 milhões de cédulas de R$ 200 em 2020.

A diretora de Administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, afirmou que a nova cédula ainda está em fase final de testes de impressão e que a “boa prática internacional” recomenda que não sejam revelados os elementos da cédula até estar pronta.

Por isso, afirmou, não foi divulgada imagem da nova nota de R$ 200 – o que será feito no final de agosto. Atualmente, há seis tipos de cédulas em circulação: R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100.

Carolina Barros afirmou que a instituição está atenta à demanda da população por mais meio circulante. “Se [a demanda] existe, a gente precisa atender. A gente não sabe por quanto tempo essa demanda adicional por dinheiro vai durar”, declarou.

Segundo ela, em momentos de incerteza, como atualmente, durante a pandemia de coronavírus, as pessoas tendem a fazer saques e acumular dinheiro. “Isso não é um fenômeno do nosso país, e isso gerou um aumento expressivo de demanda nas casas impressoras”, declarou.Fonte:G1

BRASIL: Deputados aprovam PEC do novo Fundeb em 1º turno, com repasse maior da União.

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, por 499 votos a 7, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/15, que torna permanente o Fundo de Desenvolvimento e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e aumenta a participação da União no financiamento da educação infantil e dos ensinos fundamental e médio. Falta analisar destaques que podem alterar o texto.

Segundo o substitutivo da relatora, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), a complementação da União para o Fundeb crescerá de forma gradativa ao longo de seis anos, de 2021 a 2026, passando dos atuais 10% do total para 23%.

Pelo menos metade do dinheiro extra deverá ser destinado à educação básica, conforme negociado com o governo.

Segundo a relatora, a medida terá grande impacto, já que a educação infantil concentra a maior demanda não atendida pela rede pública no País.

BRASIL: WhatsApp fica fora do ar na tarde dessa terça-feira.

Na tarde desta terça-feira (14), usuários do WhatsApp recorreram ao Twitter para reclamar sobre problemas na versão web e móvel. No site DownDetector, o pico de reclamações começou por volta das 16h40 e durou mais de 45 minutos. 

Inicialmente, as reclamações eram apenas relacionadas ao WhatsApp Web, mas pouco depois o aplicativo para celulares também saiu do ar.
De acordo com o mapa do DownDetector, o problema afeta principalmente o Brasil e a Europa.

O Facebook, que administra o WhatsApp ainda não se pronunciou, nem apresentou falhas.

FUTEBOL: CBF confirma datas para retorno do Brasileirão séries A e B; veja datas

O Campeonato Brasileiro, séries A e B, já tem data de início dos jogos. O Brasileirão vai começar no dia 9 de agosto e o Campeonato Brasileiro série B no dia 8 de agosto. A confirmação das datas veio através de nota emitida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), nesta segunda-feira (6).
A divulgação das datas veio logo após governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmar, que os clubes de futebol de seu estado não poderão iniciar a participação no Campeonato Brasileiro antes do término do Campeonato Paulista.
“Para preservar estas datas, os clubes concordaram em jogar fora de seus domínios, transferindo o seu mando de campo para outra cidade ou estado caso o seu local de jogo não esteja liberado nas datas de início das competições. Essa decisão foi tomada em votação que contou com o apoio de 19 clubes da Série A, incluindo todos os de São Paulo”, acrescenta a nota.
A CBF reforça ainda que os clubes de São Paulo disputantes do Campeonato Brasileiro da Série A reafirmaram sua posição em contato com a CBF. “A CBF e a Federação Paulista de Futebol (FPF) estão em permanente sintonia em relação aos temas de interesse do futebol brasileiro”, finaliza.
Ainda não há uma data oficial para reinício do Campeonato Paulista, suspenso após a 10ª rodada da primeira fase, apesar da confirmação de retorno da competição nacional.

BRASIL: Câmara aprova adiamento das eleições municipais para 15 de novembro.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/20, que adia as eleições municipais deste ano devido à pandemia causada pelo novo coronavírus. O placar de votação da PEC no segundo turno foi de 407 votos a 70. Pouco antes, no primeiro turno, foram 402 votos favoráveis e 90 contrários.

Segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o texto será promulgado nesta quinta-feira (2), às 10 horas, pelo Congresso Nacional.
Oriunda do Senado, a PEC determina que os dois turnos eleitorais, inicialmente previstos para os dias 4 e 25 de outubro, serão realizados nos dias 15 e 29 de novembro. Por meio de uma emenda de redação, deputados definiram que caberá ao Congresso decidir sobre o adiamento das eleições por um período ainda maior nas cidades com muitos casos da doença.
“A alteração do calendário eleitoral é medida necessária no atual contexto da emergência de saúde pública”, defendeu o relator, deputado Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR). “Os novos prazos e datas são adequados e prestigiam os princípios democrático e republicano, ao garantir a manutenção das eleições sem alteração nos mandatos”, continuou.
Calendário eleitoral
Além de adiar as eleições, a PEC, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), estabelece novas datas para outras etapas do processo eleitoral de 2020, como registro de candidaturas e início da propaganda eleitoral gratuita (veja quadro). Apenas a data da posse dos eleitos permanece a mesma, em 1º de janeiro de 2021.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

POÇÕES: Município é destaque no Jornal Nacional dessa quarta-feira, assista o vídeo.

Assista ao vídeo:

BRASIL: Vacina contra Covid-19 desenvolvida na FIOCRUZ deve começar a ser distribuída em dezembro

Em dezembro a Fundação Oswaldo Cruz deve começar a distribuir a vacina contra a Covid-19, se tudo ocorrer dentro do previsto. O medicamento está sendo desenvolvida no laboratório de Manguinhos, na Zona Norte do Rio, em parceria com a Universidade de Oxford. A vacina está entre as mais promissoras entre as mais de 140 que estão sendo testadas pelo mundo. O acordo com a universidade foi anunciado no último dia pelo Ministério da Saúde. Ele prevê a transferência da tecnologia da Universidade de Oxford para a Fiocruz, que vai poder produzir a vacina.
No primeiro momento, a Fundação vai trabalhar no processo de finalização da vacina. Ela vai receber a tecnologia e os insumos para produção das doses. Mas, a ideia é que a instituição passe a dominar todas as cadeias de produção no Brasil. Depois de testada em animais, a produção da vacina passa por três fases. Primeiro, começa a ser testada em um pequeno grupo até chegar a um grande número de pessoas. Pelo acordo, vão ser produzidas 30 milhões de doses na Fiocruz.
Elas só vão ser distribuídas e aplicadas se ficar comprovada a eficácia da imunização contra a Covid-19. Aprovada a vacina, a previsão é que 15 milhões de doses sejam distribuídas em ainda dezembro deste ano. A outra parte vai ser distribuídas em janeiro de 2021. A prioridade serão os grupos de risco, como idosos e portadores de doenças crônicas, além dos profissionais da Saúde. Segundo o Ministério da Saúde, depois das primeiras duas entregas, outras 70 milhões de doses podem ser produzidas na Fiocruz para distribuição a partir do Sistema Único de Saúde.

BRASIL: Governo divulga calendário de pagamento da 3ª parcela do Auxílio Emergencial para beneficiários da Conta Digital.

O governo publicou ontem no Diário Oficial da União (DOU) o calendário para a 3ª parcela do auxílio emergencial durante a pandemia do coronavírus.

A 3ª parcela de R$ 600 começa a ser depositada neste sábado (27) para pessoas que se inscreveram pelo aplicativo ou site da Caixa, ou que já estavam no Cadastro Único mas não são beneficiários do Bolsa Família.
Por enquanto, apenas beneficiários do Bolsa Família com direito ao auxílio emergencial haviam recebido a 3ª parcela, seguindo o calendário de pagamentos do programa, conforme o número final do NIS. O pagamento do auxílio para inscritos no Bolsa Família segue até terça-feira (30).
Hoje, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) citou a possibilidade de pagar mais 3 parcelas para o auxílio emergencial, durante transmissão de live realizada na noite de hoje, mas que ainda não há nada confirmado. Os valores, segundo Bolsonaro, seriam de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, somando assim R$ 1.200.
O público beneficiário do auxílio emergencial que tenha recebido a segunda parcela em maio de 2020 receberá o crédito da terceira parcela em poupança social digital aberta em seu nome.
De acordo com a portaria assinada pelo Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, serão dois calendários, ambos levando em conta a data de nascimento do trabalhador.
Um deles, que começa em 27 de junho, é para o depósito na poupança digital da Caixa. Todos os beneficiários da segunda parcela vão receber o dinheiro em uma conta digital, mesmo aqueles que indicaram conta de outro banco no cadastro. Nesse caso, os valores poderão ser usados apenas para pagamento de contas e boletos e para compras por meio de cartão de débito virtual.
O segundo calendário, que começa em 18 de julho, é para o saque do auxílio em dinheiro nas agências da Caixa.

Calendário do depósito na conta digital

Nessas datas, os recursos estarão na conta, mas não poderão ser sacados em dinheiro:
  • Nascidos em janeiro/fevereiro: 27 de junho
  • Nascidos março/abril: 30 de junho
  • Nascidos em maio/junho: 1 de julho
  • Nascidos em julho/agosto: 2 de julho
  • Nascidos em setembro/outubro: 3 de julho
  • Nascidos em novembro/dezembro: 4 de julho
  • Calendário do saque em dinheiro
Segundo a portaria, “para fins de organização do fluxo de pessoas em agências bancárias e evitar aglomeração”, os recursos estarão disponíveis para saques e transferências bancárias conforme o seguinte calendário:
  • Nascidos em janeiro: 18 de julho
  • Nascidos em fevereiro: 25 de julho
  • Nascidos em março: 1 de agosto
  • Nascidos em abril: 8 de agosto
  • Nascidos em maio: 15 de agosto
  • Nascidos em junho: 29 de agosto
  • Nascidos em julho: 1 de setembro
  • Nascidos em agosto: 8 de setembro
  • Nascidos em setembro: 10 de setembro
  • Nascidos em outubro: 12 de setembro
  • Nascidos em novembro: 15 de setembro
  • Nascidos em dezembro: 19 de setembro

BRASIL: Pagamento da 3ª parcela de R$600 do Auxílio Emergencial começa na próxima semana.

Começa no próximo dia 17 o pagamento da terceira parcela do Auxílio Emergencial de R$ 600 para os beneficiários do Bolsa Família. O calendário da terceira parcela seguirá os moldes do calendário do segundo lote, onde quem receberá primeiro serão os beneficiários do Bolsa Família, de acordo com o final do NIS (Número de Identificação Social).
Com relação aos trabalhadores informais o valor será creditado em conta poupança social digital da Caixa de maneira escalonada, seguindo o mês de nascimento. Entretanto para retirar o dinheiro em especie os trabalhadores precisarão aguardar 10 dias a partir do depósito.
Ao que tudo indicava e ao que foi mencionado a expectativa era de que o cronograma completo da terceira parcela do auxílio emergencial fosse divulgado ontem (8), entretanto os detalhes para divulgação devem ser finalizados até a quarta-feira (10).
O calendário constará de uma portaria do Ministério das Cidades, que será publicada no Diário Oficial da União, conforme ocorreu no pagamento da segunda parcela.
Assim como a segunda parcela, o terceiro lote terá três calendários distintos, o primeiro para os beneficiários do Bolsa Família, o segundo para o crédito em conta social digital e por último mas não menos importante as datas de saque e transferência para outras instituições financeiras.
Vale lembrar que pela conta social digital da caixa é possível pagar contas, fazer compras online via cartão de débito virtual ou ainda pagar em lojas físicas através do QR Code.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia