WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




 


fevereiro 2021
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  



>
 


 


 


:: 18/fev/2021 . 16:16

BRASIL: Gasolina sobe 10,2% e Diesel terá alta de 15,2% nas refinarias a partir dessa sexta-feira.

 

A Petrobras anunciou um novo aumento no preço dos combustíveis na manhã desta quinta-feira (18). O preço do litro da gasolina nas refinarias sobe 10,2% (R$ 2,48); o diesel vai a 15,2% (R$ 2,58). As medidas valem a partir de meia-noite de sexta-feira (19). Em comunicado à imprensa, a companhia explica que os reajustes fazem parte, assim como os outros aumentos recentes, do alinhamento de preços com o mercado internacional e com a oscilação do dólar. Segundo a Petrobras, os preços praticados e suas variações “têm influência limitada sobre os preços

percebidos pelos consumidores finais”. “Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis.

”Levantamento apresentado pela Petrobras, feito pela Globalpetrolprices.com, abrangendo 167 países, aponta que o preço médio da gasolina ao consumidor final no Brasil é 17% inferior à média global de preços. Já no caso do diesel, em uma amostragem de 166 países, o preço final no Brasil está 28% inferior à média global.

“Em ambos os casos, os preços médios no Brasil estão abaixo dos preços registrados no Chile,

Argentina, Peru, Canadá, Alemanha, França e Itália”, de acordo com o levantamento apresentado pela Petrobras.

POÇÕES: Ex-prefeito Leandro Mascarenhas tem contas rejeitadas pelo TCM

Na sessão dessa última quarta-feira (17/02), realizada por meio eletrônico, o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas de três prefeitos, relativas ao exercício de 2019. Os conselheiros do TCM emitiram parecer pela rejeição das contas de 2019, inclusive, do ex-prefeito de Poções, Leandro Araújo Mascarenhas. Nos casos, os gestores tiveram suas contas rejeitadas por irregularidades na abertura de créditos adicionais/suplementares. Os prefeitos foram punidos com multas de R$4 mil e R$3 mil, respectivamente, pelas irregularidades destacadas no relatório. Veja aqui a decisão! 

Fonte: Blog do Jeferson Almeida





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia